Veja negócios que surgiram em momentos de crise
ACIP Negócios que surgiram em tempos de crise

Veja negócios que surgiram em momentos de crise

Estamos vivendo uma série de mudanças no dia a dia das pessoas.

Para muitos empresários, com a parada repentina e queda abrupta das vendas, colocando em risco a sobrevivência do negócio, o momento causa desânimo e preocupação.

Entra aqui a versatilidade de cada um e a busca para inovar ou mudar o rumo de seu negócio.

Uma tarefa árdua, mas que pode ser feita.

Muitos estão procurando alternativas online, criando e-commerces ou mesmo reinventando seus produtos e serviços e, para inspirá-los, vamos mostrar algumas empresas que conhecemos hoje e nasceram devido a uma crise.

Historicamente, nesses momentos é que surgem as ideias geniais na cabeça dos empreendedores.

Sem saída para salvar seu negócio, é chegada a hora de tomar medidas e decisões extremas, com criatividade e enfrentar os riscos de uma nova empreitada.

Vamos lá!

NUTELLA

Na Itália devastada pela Segunda Grande Guerra, o cacau havia sumido dos campos.

Foi aí que Pietro Ferrero, um confeiteiro da região do Piemonte, resolveu criar um creme, a base de avelã com uma pitada de cacau e que fosse mais em conta.

Surgia um dos cremes mais desejados pelos loucos por doce.

UBER

Hoje presente em várias cidades brasileiras, o Uber surgiu em um momento de pós-crise, em 2008.

A economia americana estava se recuperando e muitas pessoas buscavam “bicos” para complementar a renda.

Travis Kalanick e Garrett Camp tiveram dificuldade em pegar um táxi em Paris em uma noite de neve, que contava inicialmente apenas com carros de luxo pretos.

Foi aí que perceberam que podiam oferecer um serviço padrão num mundo cada vez mais globalizado, com um preço mais acessível

Surgia o Uber.

HABIB’S

Alberto Saraiva morava com os pais em Veloza, uma pequena aldeia de Portugal.

Moravam numa casa de pedra sem geladeira e buscando uma vida melhor, vieram para São Paulo, aqui no Brasil, onde montaram uma pequena padaria.

Nos 20 anos, o pai de Alberto é assassinado e ele se viu obrigado a assumir o negócio.

Com a padaria mal localizada e sua falta de experiência, passou por muitos per causos, mas não desistiu.

Continuou se esforçando para aprender mais sobre negócio e adotou novas estratégias. Baixou preços e trabalhou muito.

Contratou uma pessoa que sabia fazer diversas comidas árabes e aprendeu mais dessa culinária.

Em 1988, abriu sua primeira unidade do Habib’s.

MONOPOLY OU BANCO IMOBILIÁRIO

Logo após a quebra da bolsa de Nova York de 1929 e da recessão econômica que seguiu, não havia dinheiro no mercado para comprar imóveis, terrenos ou investir em fábricas.

Charles B. Darrow, um desempregado devido a crise, tinha a ideia de que, se não era possível investir na vida real, as pessoas gostariam de se imaginar investindo.

Após ter seu invento rejeitado, ele decidiu produzir sozinho.

Assim, o ”Monopoly” caiu nas graças imediatamente, sendo um campeão de vendas no mundo todo.

SWATCH

A indústria relojoeira Suíça fabricava um produto que mundialmente tinha alto valor agregado.

De repente, tem que concorrer com objetos que fazem a mesma função, mas com valor muito menor.

Nos anos 1970, as fábricas de relógios na Ásia inundaram o mundo com relógios baratos, acabando com a indústria que fabricava um produto como ”status” para durar gerações.

Em poucos anos, as exportações de relógios suíços caiu pela metade.

Mas em 1983, Nicolas G. Hayek revolucionou o mercado, reinventando o já tão consagrado produto suíço. Um relógio acessível, de plástico, com design.

Surgia a Swatch, que deu uma nova linguagem de design ao produto.

AIRBNB

Assim como agora, a crise mundial de 2008 fez com que muitas pessoas e empresas parassem para repensar o consumo e a vida cotidiana.

Brian Chesky, Joe Gebbia e Nathan Blecharczyk levando em consideração a recessão global, as novas tecnologias, as redes sociais e um novo sentido sobre “compartilhamento”, criaram Airbnb, em São Francisco, na Califórnia.

A ideia era criar um mercado comunitário para pessoas anunciarem e reservarem acomodações em seus próprios imóveis.


Essas são apenas algumas, das centenas de histórias que separamos para mostrar que os momentos de grandes dificuldades fazem parte da vida de todos e que, muitas vezes, essas adversidades são as responsáveis pelo sucesso de um negócios.

Conte com o apoio da ACIP para enfrentar momentos de crise e chegar mais longe.

Quem sabe o seu não será um case de estudos no futuro?

Deixe uma resposta